Menu
Atualizado em 15/03/2019 às 20h00

Festival literário de Macau arranca com poesia de Sophia declamada em três línguas

O festival literário de Macau, dedicado este ano à poesia, arrancou hoje com uma sessão de homenagem a Sophia de Mello Breyner, com alguns dos seus poemas declamados em português, língua mãe, mas também em chinês e inglês.Já na oitava edição, o Rota das Letras estreou-se na zona oeste da cidade, nas Oficinas Navais, que encheram após a cerimónia de inauguração para um painel subordinado ao percurso literário de Sophia, do qual fez parte o seu filho Miguel Sousa Tavares.Pela primeira vez em Macau, o jornalista e escritor debruçou-se sobre a ligação da poetisa a Fernando Pessoa, cuja influência na escrita da mãe foi apenas notável numa idade mais avançada, depois de várias viagens à Grécia.“A ligação da minha mãe ao Pessoa intriga-me muitíssimo porque está muito ligada à Grécia”, um país que já foi uma descoberta “relativamente tardia”, admitiu o escritor, que ainda assim considera a personalidade dos dois poetas “incrivelmente...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Dnoticias.pt

Portugal

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS