Menu
Atualizado em 16/05/2019 às 12h00

Em dois anos, Campinas diminui em 18% gastos para combater dengue e perde agentes de saúde

Despesas de ações diretas contra arboviroses diminuiu R$ 1,5 milhão e cidade perdeu 34 funcionários entre 2016 e 2018. Vigilância defende ações e associa gastos à necessidade. Foco de criadouro do mosquito da dengue em terreno baldio de Campinas (SP)

Reprodução/EPTV

Os gastos diretos de Campinas (SP) no combate às arboviroses, incluindo a dengue, diminuíram 18% entre 2016 e o ano passado, segundo dados fornecidos ao G1 pela Prefeitura, por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI). Além disso, no mesmo período, a administração perdeu 34 agentes comunitários de saúde, que trabalham em uma série de ações para prevenção. A cidade registra epidemia neste ano, com 11,3 mil moradores infectados e duas mortes provocada pelo vírus.

O levantamento da administração indica que o valor aplicado diminuiu R$ 1,5 milhão no intervalo considerado: o total passou de R$ 8,7 milhões para R$ 7,2 milhões. Veja gráfico com dados...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS