Menu
Atualizado em 15/04/2019 às 08h20

Cerca de 300 presos se recusam a entrar em celas em protesto no Ipat; situação foi contida, diz Seap

Manifestação aconteceu neste domingo, após horário de visitas. Protesto aconteceu no Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT)

Divulgação

Presos do pavilhão C do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) realizaram um protesto dentro da unidade penal na tarde deste domingo (14). A revolta foi iniciada após o grande número de apreensão de objetos proibidos com visitantes que tentavam entrar no prédio.

Cerca de 300 presos se negaram a voltar para as celas após o horário de visitas e pediram uma conversa com a direção da unidade prisional. O Grupo de Intervenção Penitenciária (GIP) foi acionado e, após ouvir a reivindicação dos internos, a situação foi contida no local.

O secretário da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), tenente-coronel Vinicíus Almeida, disse que o rigor nas revistas não vai parar.

"Tivemos uma apreensão recorde de 700 gramas de entorpecentes neste...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS