Menu
Atualizado em 15/03/2019 às 19h00

MP abre inquérito para investigar soltura de detento do Sistema Prisional de AL sem ordem judicial

Genaldo Vieira dos Santos é um dos suspeitos na morte e esquartejamento de um homem em 2016, em Girau do Ponciano, que foi morto por engano. O Ministério Público de Alagoas (MP-AL) abriu inquérito para investigar a soltura de um preso sem determinação Judicial. O promotor de Girau do Ponciano, onde ocorreu o crime, afirmou nesta sexta-feira (15) que o juiz afirmou que não expediu nenhum alvará autorizando a medida.

De acordo com o MP, o preso em questão é Genaldo Vieira dos Santos, suspeito de envolvimento na morte e esquartejamento de Ubirajara da Silva Santos, ocorrida em 2016. Os suspeitos do crime dizem que a vítima foi morta por engano.

“Há provas mais do que suficientes para o acusado ir a júri popular. Estou aguardando a sentença de pronúncia. No entanto, pelo fato da soltura do criminoso, já instaurei inquérito civil para que todos os esclarecimentos sejam dados, inclusive, já solicitamos à Secretaria de Ressocialização e...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS