Menu
Atualizado em 14/03/2019 às 18h00

Em derrota para Lava Jato, STF decide que Justiça Eleitoral pode julgar crime comum



Com uma virada no placar, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quinta (14), por 6 votos a 5, que crimes como corrupção e lavagem de dinheiro, quando investigados junto com caixa dois, devem ser processados na Justiça Eleitoral, e não na Federal, como queria a Procuradoria-Geral da República e os membros da Lava Jato.

Leia mais (03/14/2019 - 18h49)


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Folha UOL

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS