Menu
Atualizado em 14/03/2019 às 18h00

Acusados por morte de Marielle são mantidos presos pela Justiça



Os dois acusados pelo assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, que completa um ano nesta quinta (14), foram mantidos presos pela Justiça fluminense após audiências de custódia que trataram sobre armas ilegais encontradas com eles quando foram presos, na última terça (12).



Ao policial militar reformado Ronnie Lessa, 48, são atribuídos 117 fuzis incompletos achados na casa de seu amigo Alexandre Motta, no Méier, na zona norte do Rio. Já o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz, 46, teve duas pistolas não legalizadas apreendidas em sua residência em Engenho de Dentro, também na zona norte.

Leia mais (03/14/2019 - 18h16)


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Folha UOL

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS