Menu
Atualizado em 12/02/2019 às 15h40

Professores protestam contra decreto que fixou salário do servidor à carga horária do concurso em Castanhal

Prefeitura disse que município vai economizar R$ 12 milhões ao ano. Sindicato da categoria informou que magistrados terão corte médio de R$ 1.500 ao mês dos salários. Professores municipais de Castanhal protestam e interditam BR-316

Professores e servidores da rede pública municipal de ensino de Castanhal entraram em greve e protestaram na manhã desta terça-feira (12). Eles são contra o decreto feito pelo prefeito Pedro Coelho Filho que fixou o salário do magistrado baseado na carga horário do concurso, sendo que os temporários receberão o salário de acordo com o Piso Nacional.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadores do Ensino Público do Pará (Sintepp), os servidores terão uma redução de 25 a 30% na remuneração. Alguns professores teriam perda média de R$ 1.500 por mês. Ainda de acordo com o sindicato, a categoria deixará a greve somente com a anulação do decreto.

Já a Prefeitura de Castanhal,...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS