Menu
Atualizado em 12/02/2019 às 13h59

Marco Nanini tira a roupa em filme sobre enfermeiro gay que ama Greta Garbo



"Deita naquela cama e me chama de Greta Garbo", sussurra Marco Nanini na pele de um enfermeiro gay que idolatra a atriz sueca. O filme "Greta" descontrói a imagem de pai de família que a TV colou no ator nos últimos anos e o coloca no que talvez seja seu papel mais ousado no cinema. A obra dirigida pelo cearense Armando Praça integra a seleção do Festival de Berlim.

 

No papel do amargurado Pedro, que se afeiçoa a um criminoso hospitalizado, ele tira a roupa e protagoniza momentos picantes nesse drama sobre a solidão na cidade grande.

 

"Talvez as pessoas se assustem, espero que não, mas eu também já estou velhinho, daqui a pouco já vou...", brinca o ator de 70 anos ao encontrar a reportagem, na capital alemã.

Leia mais (02/12/2019 - 14h07)


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Folha UOL

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS