Menu
Atualizado em 11/02/2019 às 20h00

TCE-PR identifica irregularidades na contratação de terceirizadas e faz recomendação à UEL

Segundo apuração do Tribunal, empresas que prestam serviços médicos ao HU contratam profissionais que já trabalham para a universidade. Hospital Universitário (HU) UEL

Reprodução/RPC

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) identificou irregularidades na contratação de empresas terceirizadas para prestação de serviços médicos no Hospital Universitário (HU) e fez recomendações à Universidade Estadual de Londrina (UEL), no norte do Paraná.

Segundo o TCE-PR, foram identificados 23 médicos que trabalham ao mesmo tempo na UEL e em empresas contratadas pela instituição para prestar serviços no HU.

A apuração do Tribunal apontou que existem médicos que acumulam jornada de até 60 horas semanais no hospital e ainda prestam serviços para a empresa terceirizada.

O TCE identificou que um dos servidores, Elbens Marcos Minorelli de Azevedo, está submetido ao regime de trabalho em tempo integral...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS