Menu
Atualizado em 12/01/2019 às 21h00

Contrato para construção de trapiche na Ilha do Mel tem 15 aditivos que prorrogam prazo e aumentam valor da obra

Estrutura, na praia de Nova Brasília, já causou acidentes. Empresa foi contratada pelo IAP para acabar o serviço em fevereiro de 2017, mas prazo foi estendido até 15 de janeiro deste ano. Contrato do trapiche da Ilha do Mel tem 15 aditivos que prorrogam o prazo da obra

O contrato para a construção do trapiche na praia de Nova Brasília, na Ilha do Mel, no litoral do Paraná, teve 15 aditivos que prorrogaram o prazo e aumentaram o valor da obra, segundo informações obtidas pela RPC no Portal da Transparência do Governo.

A estrutura que existe no local se movimenta para acompanhar a maré. Ela foi construída em 2016 por uma empresa contratada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), a um custo de R$ 325 mil.

O contrato inicial venceria em fevereiro de 2017, mas o último aditivo estendeu o prazo até 15 de janeiro deste ano. Um dos aditivos destinou mais R$ 49 mil para o contrato, o que elevou o custo para R$ 374 mil, 15% a mais que...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS