Menu
Atualizado em 11/01/2019 às 21h00

Agentes apreenderam em 2018 mais de 600 celulares no sistema prisional do Amapá

Aparelhos foram encontrados na maioria dentro de celas, mas também com visitantes. Iapen prevê tecnologia de combate em 90 dias. Parte dos celulares escondidos na cadeia

Iapen/Divulgação

No ano passado ao menos 636 celulares e outros objetos como armas de fogo, facas, drogas e bebidas alcoólicas foram apreendidos dentro do sistema prisional do Amapá. As unidades de detenção do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) tem atualmente cerca de 3 mil internos, o dobro da capacidade.

As apreensões ocorreram após uma série de revistas diárias, feitas rotineiramente ao longo do ano. O principal alvo é o Cadeião do Iapen, localizado na Zona Oeste de Macapá, que concentra a grande maioria dos reeducandos.

O levantamento foi feito a partir de dados divulgados pelos agentes penitenciários. O diretor do Iapen, Lucivaldo Costa, explica que as medidas são preventivas para coibir ações de facções criminosas...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS