Menu
Atualizado em 07/12/2018 às 08h20

Florianópolis deixa de ter a cesta básica mais cara do país, mas custo aumenta quase R$ 5, aponta Dieese

Capital catarinense é a quarta com maior custo para alimentos no mês de novembro, segundo pesquisa. Capital catarinense apresentou o maior aumento no valor do preço do tomate em 12 meses

Valdinei Malaguti/EPTV

O valor da cesta básica em Florianópolis subiu cerca de R$ 5 em novembro com relação a outubro de 2018, apontou pesquisa divulgada na quinta-feira (6) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O valor ficou em R$ 454,87, contra R$ 450,35 no mês anterior.

Com outras capitais com aumentos mais relevantes, a capital catarinense deixou de ter a cesta básica mais cara do Brasil e passou para a quarta posição em novembro. São Paulo tornou-se a mais cara no comparativo, com custo de R$ 471,37.

Conforme o estudo, em Florianópolis, 51,83% do salário do trabalhador vai para pagar a comida, com uma média de 104 horas e 54 minutos trabalhados para pagar a alimentação. No país,...

Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS