Menu
Atualizado em 07/12/2018 às 14h59

Desistência de Kevin Hart aprofunda o dilema do Oscar



A Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood adora proclamar que a entrega do Oscar é assistida por bilhões de pessoas, em mais de uma centena de países. Só que esse suposto interesse internacional jamais influenciou na escolha do apresentador da festa. Não foram poucas as vezes em que a tarefa caiu para algum comediante pouco conhecido fora dos Estados Unidos.



Como, por exemplo, Kevin Hart. Mesmo com dezenas de filmes no currículo e até alguns grandes sucessos, o ator não é muito famoso a nível planetário. Mas parecia satisfazer as necessidades do Oscar, que busca desesperadamente elevar os índices de audiência da transmissão pela TV. Afinal, Hart tem experiência como "stand-up comic", apela ao público jovem e traz um ar de modernidade ao prêmio mais careta do cinema mundial.



Só que esqueceram de escarafunchar as redes sociais do cara. E, adivinha? Lá estavam várias postagens homofóbicas, alguns...

Continuar lendo...
Autor/Fonte: Folha UOL

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS