Menu
Atualizado em 06/12/2018 às 13h20

Assassinato de Heidy Aires completa 4 anos e família aguarda julgamento de marido

Principal acusado do crime é o marido da vítima, Allan Moreira Borges; ele deve ir a júri popular em março de 2019. Professora foi morta a facadas dentro de casa. No dia 6 de dezembro de 2014, há exatamente quatro anos, o corpo da professora Heidy Aires Leite, era encontrado dentro de casa, na quadra 1.204 Sul, em Palmas. A vítima, na época com 34 anos, foi assassinada a facadas. O principal acusado é o marido da vítima Allan Moreira Borges. Ele deve ir a júri popular em março do ano que vem. Até que isso aconteça, quem convivia com Heidy tem o mesmo sentimento, que a Justiça seja feita.

"O Ministério Público disse que tem mais de 27 provas contra ele, contra o ex-marido, a gente fica com uma interrogação: Por que ele está solto até hoje? Por que ele está em liberdade? Nós queremos Justiça, só isso que queremos. [Ele] destruiu a família intera", questiona o irmão da vítima, Paulo Oliveira Leite.

O corpo de Heidy Aires foi...

Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS