Menu
Atualizado em 15/08/2018 às 12h00

Tiro que matou menina de 11 anos durante operação do Bope no AC saiu de fuzil da PM, conclui laudo

Maria Cauane da Silva morreu em maio deste ano no bairro Preventório, em Rio Branco. Caso está com o MP-AC e corre em segredo de Justiça. Criança de 11 anos foi morta durante tiroteio em Rio Branco em maio deste ano

Arquivo pessoal

O laudo feito pelo Instituto de Criminalística concluiu que o tiro que matou a menina Maria Cauane da Silva, de 11 anos, no mês de maio no bairro Preventório, em Rio Branco, foi disparado de um fuzil usado pela Polícia Militar do Acre (PM-AC). A informação foi confirmada pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta quarta-feira (15).

Além da menina, foram mortas mais duas pessoas na ação. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) informou, na época, que criminosos tinham subido o morro de barco e tentado retomar a área, que é dominada por uma facção rival. O Bope afirmou que os criminosos chegaram atirando e a menina foi usada como escudo.

A versão foi...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS