Menu
Atualizado em 10/08/2018 às 07h20

Mesmo após queda de 11% em 2017, polícia do AP é a 2ª que mais mata no Brasil

Dados do 12º Anuário de Segurança Pública mostram que mortes por intervenções policiais caíram de 58 em 2016 para 52 em 2017. Estudo aponta ainda aumento de homicídios e redução de estupros. Em 2017, anuário apontou 53 mortes por policiais no Amapá

Jorge Abreu/G1

Após ser o estado com a maior taxa de letalidade policial em 2016, o Amapá perdeu no ano passado o posto da "polícia que mais mata no Brasil", segundo dados da 12ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que comparou os registros no período. A redução de casos entre 2017 e o ano anterior foi de 11,9%.

O estudo divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) na quinta-feira (9) apontou no Amapá uma taxa de 6,6 mortes a cada grupo de 100 mil habitantes, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro, com 6,7 mortes. Foram 53 óbitos no ano passado em confrontos com a polícia.

A maioria dos registros no Amapá acontece em troca de...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS