Menu
Atualizado em 14/03/2019 às 17h59

EUA proíbem entrada a 340 venezuelanos, dos quais 107 diplomatas de Maduro

O Governo norte-americano anunciou hoje que esta semana proibiu a entrada no país de 340 venezuelanos, entre os quais 107 diplomatas ligados ao regime do Presidente venezuelano Nicolás Maduro e respetivos familiares, indicou um porta-voz do Departamento de Estado. “Desde a passada segunda-feira, 11 de março, impusemos 340 novas restrições de vistos, 107 das quais incluem antigos diplomatas do ex-Presidente [Maduro] e suas famílias”, disse um dos porta-vozes do Departamento de Estado, Robert Palladino.Esta ação eleva para 600 o número de vistos revogados pelos Estados Unidos desde finais de 2018, pouco antes de Maduro -- a quem Washington se refere como “ex-Presidente” -- tomar posse para um segundo mandato presidencial de seis anos e de o líder da oposição, Juan Guaidó, se ter autoproclamado Presidente interino da Venezuela.Os afetados são “indivíduos corruptos que possibilitaram o roubo de bens da Venezuela para benefício individual”, afirmou Palladino,...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Dnoticias.pt

Mundo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS