Menu
Atualizado em 12/02/2019 às 13h59

Maduro diz não haver fome e que milhões de imigrantes procuram o país

O Presidente eleito da Venezuela, Nicolas Maduro, disse que o seu país não precisa de ajuda humanitária, porque não há fome, e garantiu que milhões de imigrantes procuram anualmente o país, numa entrevista hoje divulgada pela BBC. Maduro afirmou que a Venezuela “tem toda a capacidade de satisfazer as necessidades do seu povo”, culpando as sanções impostas pelos EUA pelas dificuldades sentidas em setores da população.“A Venezuela não é um país com fome”, afirmou Nicolas Maduro, numa entrevista hoje divulgada pela televisão britânica BBC, recusando aceitar as informações de diversas agências internacionais segundo as quais mais de dois milhões de pessoas sairiam do país, nos últimos anos, devido às enormes dificuldades para sobreviverem.“Os números oficiais dizem que não mais de 800 mil pessoas saíram do país, nos últimos dois anos, por razões económicas”, atirando as responsabilidades dessa fuga para a pressão internacional e para as sanções...


Continuar lendo...
Autor/Fonte: Dnoticias.pt

Mundo

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS